Newsletter

Nome:
E-mail:

Notícias

12/12/2013 - Como atingir o equilíbrio entre consumo de alimentos e gasto de calorias

METABOLISMO E CALORIAS

Calorias Gastas x Alimentação – 1

Agora que conseguimos entender a importância de controlar os batimentos cardíacos com a finalidade de atingir seus objetivos para as atividades físicas, chegou a hora de falarmos sobre Calorias Gastas x Alimentação por dia.

Qual será o Nosso Próximo Ato? Compreender nosso Metabolismo. A palavra é conhecida, mas você realmente sabe o que é? Em palavras bem simples podemos dizer que Metabolismo = Calorias Consumidas diariamente, em média. No Google podemos encontrar muitos artigos sobre como calcular o Metabolismo Basal.

O que faz nosso metabolismo acelerar é se movimentar, andar, correr, arrumar casa, subir e descer escadas, qualquer movimento faz com que nosso metabolismo acelere e em consequência a quantidade de calorias que gastamos é maior. Lembre-se que gastar calorias emagrece se mantivermos uma ingestão de calorias abaixo das calorias gastas e só ficaremos com o corpo definido, ganharemos massa magra, “músculos mais firmes” se fizermos atividades físicas controladas na Frequência Cardíaca entre 60% – 70% dos Batimentos Cardíacos Ideais (se não viu ou não se lembra do artigo anterior, dê uma espiadinha no meu post na seção Fitness/Saúde). Como podem notar, neste caso de controlar peso corporal x atividade física não existe milagre, requer determinação.

Eu sei que muito sobre este assunto já foi falado cem milhões de vezes de maneiras muito mais científicas, muito mais técnicas por profissionais doutorados, mais que doutorados, conhecidos e respeitados no mundo da saúde e, felizmente, tudo pode ser consultado e pesquisado no Dr. Google.

A pergunta então ficou me cutucando: Por que não funciona com a maioria de nós, os pobres mortais? Consultamos Endócrinos, Nutricionistas, vamos para a academia, corremos até ficar rosa choque e nada de perder peso, ou até perdemos o peso por um tempinho e depois ele volta forte e vibrante. E bem pior ainda, perder aquelas gorduras localizadas indesejadas na barriga, no culote, no interior das coxas, aquela coisa molenga se balançando ao fazer tchauzinho.

Tudo bem que isto é mais forte em mulheres, mas que me desculpem os homens, mas os que correm ou jogam suas partidas de tênis de campo ou golfe se acham em forma, mas a verdade é que ficam com aqueles “glúteos” moles e murchos, ou então fazem musculação para os membros superiores e esquecem que têm pernas e ficam parecendo o triângulo de bermudas sem falar na barriguinha da cerveja, que segundo eles é “charme”.

Brincadeiras à parte, a intenção aqui é que cada um faça o que quiser fazer com seu corpo e sua saúde, seja feliz como são, mas com conhecimento e consciência do que estão fazendo.

Por isso, nós não vamos mais falar, vamos fazer, vivenciar, experimentar estas tais calorias e o nosso metabolismo em apenas quatro passos.

Eu fiz, aliás, estou seguindo todos os passos abaixo e vou dividir com vocês algumas dicas.

1º. Passo:

a) Adquirir um Monitor de Frequência Cardíaca (Frequencímetro). Caso não tenha e não queira investir em um, use como referência o cálculo do Metabolismo Basal. Não será a mesma experiência porque ficará na suposição de que aquela quantidade de calorias é o que você gasta diariamente. A realidade é totalmente diferente! Usando o Frequencímetro saberemos com muito mais precisão as calorias gastas num dia e como cada dia é diferente do outro dentro da semana, e saber de maneira mais precisa é o que fará desta experiência um sucesso. Esta é a mágica de fazer a experiência, tomar consciência do que você gasta de calorias em dias de trabalho, em dias de laser, nos dias que pratica alguma atividade física ou esporte etc.

b) Durante, pelo menos duas semanas, conecte-o logo pela manhã e só tire para dormir e tomar banho (pode até tomar banho com ele, porque em geral é à prova d’água). Este período proposto é para comparar as calorias de uma semana em relação à outra e ir checando quais são as calorias gastas de acordo com as atividades de cada dia. Caso você tenha dias muito diferentes um do outro, talvez estender este período seja mais adequado para ser mais assertivo no futuro.

2º. Passo:

a) Baixar um aplicativo de Contar Calorias em seu celular (procure por “Contador de Calorias”). Eu, particularmente, estou usando o MyFitnessPal, mas tem o Tecnonutri, que também está bem avaliado pelos que utilizam e outros tantos. Todo dia surgem novos.

b) Comece a informar, no aplicativo, tudo que come e bebe. Tudo mesmo!!! Não se boicote, é uma experiência de aprender como seu corpo funciona. Tirando o desespero de saber que um chocolate pequeninho, pequeninho quase do tamanho de um dedo da mão tem 60 calorias, o resto é de tirar brincando.

3º. Passo:

Fazer a Conta de Calorias Gastas (Frequencímetro) – Calorias Ingeridas (Contador de Calorias) diariamente e depois um balanço semanal. O Aplicativo de Contar Calorias já faz esta conta, inclusive tem espaço para adicionar as calorias gastas em exercícios cardiovasculares ou anaeróbicos.

4º. Passo:

Verificar, no Contador de Calorias, o balanço geral de tudo que consumiu. Veja se você está comendo adequadamente as quantidades de carboidratos, proteínas, açúcar, sódio, cálcio etc. Não adianta perder peso e ficar desnutrido e sem forças, certo?

Divirtam-se fazendo Isto. A vida já é um estresse! Riam de si próprios. Garanto que é uma delícia viciante fazer isto. Quase todos os dias minha cara no final é de “Puxa, comi bastante né, bora andar na rua”

Laboratório Grams Perini - Todos os direitos reservados

Fone: (51) 3653-3555