Newsletter

Nome:
E-mail:

Notícias

12/09/2013 - Pesquisadores descobrem substâncias que tornam humanos “invisíveis” aos mosquitos

Compostos que estão presentes naturalmente na pele humana podem impedir que os insetos sintam o cheiro de suas vítimas

Pesquisadores americanos anunciaram a descoberta de uma série de substâncias presentes na pele humana que podem proporcionar uma espécie de capa da invisibilidade contra os mosquitos. Em vez de funcionar como os repelentes, que afastam os insetos, os compostos descobertos simplesmente impedem que eles sintam o cheiro dos seres humanos, tornando-os incapazes de localizar e atacar suas vítimas. A pesquisa foi apresentada nesta segunda-feira, durante o Encontro Nacional Sociedade de Americana de Química, realizado nos Estados Unidos.

Longe de ser apenas um incômodo, os mosquitos costumam ser mais mortais para os seres humanos do que qualquer outro animal. Suas picadas são capazes de transmitir uma série de doenças, como malária, dengue e febre amarela, que matam cerca de um milhão de pessoas por ano em todo o mundo.

São as fêmeas dos mosquitos que costumam picar os seres humanos e outros animais. Elas não se alimentam do sangue, mas buscam nele uma proteína que as ajuda a produzir ovos férteis. Por isso, essas fêmeas possuem a capacidade de sentir o cheiro dos humanos a mais de 30 metros de distância.

Laboratório Grams Perini - Todos os direitos reservados

Fone: (51) 3653-3555