Newsletter

Nome:
E-mail:

Notícias

07/05/2013 - Estudo apresenta vacina que impede ação da heroína em cérebro de roedor

Pesquisadores publicaram estudo nesta segunda-feira (6) na revista da Academia Americana de Ciências, a "PNAS", que mostrou o resultado de testes feitos com uma vacina experimental que combate os efeitos da heroína no cérebro.

De acordo com a pesquisa, conduzida pelo Instituto de Pesquisa Scripps, localizado na Califórnia, o medicamento desenvolvido mira uma substância encontrada na heroína chamada de 6-acetilmorfina, resultante da metabolização da droga, e que causa a maioria dos efeitos dela.

Segundo George Koob, que dirige a pesquisa, roedores acostumados à heroína e que ficaram privados da droga por um certo tempo, quando têm acesso novamente ao narcótico começam a consumi-lo avidamente. Com a vacina, segundo os cientistas, esse comportamento se altera.

Joel Schlosburg, também um dos autores do estudo, disse que o medicamento conseguiu evitar que os roedores consumissem “mais e mais” heroína, num círculo vicioso enfrentado por dependentes.

Para Koob, se a vacina funcionar igualmente bem nos ensaios clínicos com humanos, poderá integrar a terapia padrão para tratar viciados em heroína, grupo que chega a mais de 10 milhões de pessoas em todo o mundo.

Laboratório Grams Perini - Todos os direitos reservados

Fone: (51) 3653-3555