Newsletter

Nome:
E-mail:

Notícias

26/07/2012 - Duas em três crianças obesas já têm ao menos um fator de risco para doenças do coração

Pesquisa também mostrou que mais da metade desses jovens apresentam pressão alta ou níveis elevados de colesterol 'ruim' no sangue.

Duas em cada três crianças obesas já apresentam ao menos um fator de risco para doenças cardíacas — como pressão alta e níveis elevados de colesterol no sangue. É o que indicou um novo estudo feito na Universidade de Amsterdã, Holanda, e divulgado no periódico Archives of Disease in Childhood, uma publicação do British Medical Journal (BMJ).

De acordo com os autores, embora a taxa de obesidade infantil esteja crescendo em todo o mundo, foram realizadas poucas pesquisas sobre as doenças associadas ao excesso de peso entre as crianças. Nesse trabalho, os especialistas se basearam em dados da Unidade de Vigilância Pediátrica da Holanda registrados entre 2005 e 2007 e em relatos de médicos do país sobre fatores de risco para problemas cardiovasculares apresentados por pacientes de dois a 18 anos de idade.

Ao todo, 500 jovens com obesidade foram analisados e, desses, 307 tinham obesidade severa — que foi considerada pela pesquisa como um índice de massa corporal (IMC) maior do que 20, 30 e 35 para jovens de dois, 12 e 18 anos de idade, respectivamente . De acordo com os resultados, 56% dos participantes tinham pressão alta e 54% apresentavam altos níveis de colesterol ‘ruim’ no sangue. Os autores dizem que é urgente a definição de diretrizes sobre diagnóstico precoce da obesidade infantil e das doenças associadas a ela.

fonte: Veja

Laboratório Grams Perini - Todos os direitos reservados

Fone: (51) 3653-3555