Newsletter

Nome:
E-mail:

Notícias

25/07/2012 - 'Polipílula' reduz risco de doenças cardíacas em maiores de 50 anos

Comprimido, que reúne quatro medicamentos para tratar problemas cardiovasculares, se mostrou eficaz em testes clínicos.

Um comprimido que concentra quatro medicamentos diferentes — um para colesterol, dois para hipertensão e uma aspirina, que previne o entupimento dos vasos sanguíneos — se mostrou eficaz para proteger pessoas com mais de 50 anos contra ataques cardíacos e acidente vascular cerebral (AVC), as principais causas de morte no mundo. Segundo pesquisadores da Universidade Queen Mary de Londres, na Grã-Bretanha, a polipílula, como é chamada, é capaz de reduzir a pressão sanguínea em 12% e o colesterol ‘ruim’ (LDL) em 39%, fazendo com que esses níveis atinjam os normalmente apresentados por um jovem de 20 anos de idade.

Para avaliar a eficácia do comprimido, os autores do estudo selecionaram 85 pacientes maiores de 50 anos que não tinham histórico de doença cardiovascular. Durante três meses, parte deles recebeu doses de placebo e o restante a polipílula. Os resultados da pesquisa foram publicados nesta semana no periódico PLoS One. De acordo com o artigo, a pílula evitou ou retardou em até onze anos os eventos cardiovasculares em 28% dos participantes.

"Agora, precisamos do apoio público para tornar a polipílula disponível sem demora. Os benefícios apresentados nos testes pelo medicamento são grandes demais para serem ignorados. Estimamos que, se apenas 50% das pessoas com 50 anos ou mais tomarem a pílula no Reino Unido, cerca de 94.000 ataques cardíacos e AVCs poderiam ser evitados a cada ano”, diz o especialista que desenvolveu o comrpimido, Nicholas Wald.

Brasil - Uma outra formulação da polipílula está sendo testada no Brasil por pesquisadores do Hospital do Coração, em São Paulo. De acordo com Otávio Berwanger, diretor do Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital do Coração e coordenador da pesquisa, a droga vem apresentado resultados promissores. "Acredito que dentro de dois anos os testes já tenham sido finalizados", diz.

A polipílula que vem sendo testada no Brasil, concomitantemente com Inglaterra, Holanda, Índia e Austrália, combina em um único comprimido os compostos da aspirina (que previne entupimento dos vasos sanguíneos do coração) em baixa dosagem, a sinvastatina (controlador de colesterol) e de dois medicamentos para controle da pressão arterial, o lisinopril e hidroclotiazida (ou beta-bloqueador).

Fonte: Veja.com

Laboratório Grams Perini - Todos os direitos reservados

Fone: (51) 3653-3555